Buscar
  • AZELAR

Como aumentar a segurança de edifícios em Goiânia

Atualizado: Jul 6

Uma preocupação grande de síndicos, é em como aumentar a segurança do edifício e manter o conforto e segurança para os moradores. Nesse post vamos ensinar como aumentar essa segurança.


A segurança é um dos principais fatores busca analisados por pessoas que desejam encontrar um local para morar.


Estudos recentes mostraram que com o aumento do índice de roubos em residências, pessoas estão preferindo se mudar para apartamentos em busca de maiores níveis segurança.


Percebendo isso, a Azelar preparou um conteúdo com o objetivo de ajudar síndicos a aumentarem a segurança de edifícios em Goiânia.


Por onde começar

Antes de qualquer tomada de ação, é preciso fazer uma análise completa da segurança já presente no edifício. Observe quais são os pontos fracos e fortes, em seguida, busque melhorar os pontos fracos e otimizar/manter os fortes.


Para ter essa definição, faça os seguintes as perguntas:


· Há um registro de pessoas que entram e saem do edifício?

· O zelador é orientado de forma correta?

· Quais são os itens de segurança atuais? (Câmeras, biometrias etc)

· A segurança foi feita por uma empresa de confiança?

· Há alguma reclamação de algum morador?


Analisando essas perguntas, anote em um papel e defina os pontos fracos e fortes. Após isso, é o momento de aumentar a segurança do seu edifício.


5 dicas para aumentar a segurança em edifícios

1. Identificação de acesso: biometria

A identificação da entrada de moradores através da biometria vem sendo implantada constantemente, pois aumenta o nível de segurança do edifício de maneira considerável.


Nos condomínios que utilizam esse tipo de identificação, as digitais dos moradores são cadastradas em um sistema de dados fornecido pela empresa que prestou o serviço.


O processo de cadastrar ou descadastrar uma digital é todo feito por meio desse sistema de dados, portanto, o responsável por essa tarefa deve seguir padrões rígidos de segurança e ser de confiança do síndico.


Ainda há muitos prédios que utilizam a identificação por meio de senhas eletrônicas, porém são senhas fáceis e de poucos números, facilitando ações de ladrões.

2. Câmeras

As câmeras de segurança são um dos itens básicos para que a segurança do edifício seja feita de maneira correta.


Elas são utilizadas para que observe todas a movimentações suspeitas de diferentes ângulos.


Na instalação das câmeras certifique-se que ela possua um sistema com armazenamento de informações para que guarde as gravações. As câmeras é o item mais utilizado na identificação de suspeitos ou criminosos.


Hoje em dia, o acompanhamento das câmeras pode ser feito de qualquer local que tenha acesso a Internet, e não em uma matriz central como antigamente.


3. Tenha um pulmão de segurança

Poucos sabem o que é um pulmão de segurança em um edifício. O pulmão de segurança são portões paralelos aos principais. São direcionados para grandes centros urbanos como Goiânia, onde há uma movimentação grande de pessoas.


O pulmão de segurança funciona da seguinte forma: vamos supor que você seja um morador e esteja saindo do prédio, abre o portão e não espera fechar. Nesse momento, aparece algum criminoso e aproveita que o portão está fechando e entra no prédio, porém, quando se depara com outro portão a frente percebe que não terá êxito e desiste do crime.


O pulmão de segurança aumenta a segurança do edifício e traz mais tranquilidade para moradores.


Imagem de um pulmão de segurança:



Nas reformas prediais em Goiânia feitas por nós, conseguimos perceber uma demanda significativa por esse 2° portão.

4. Alarme sonoro

O alarme sonoro é colocado em locais em que pessoas não autorizadas não possuem acesso. Caso haja alguma violação, como a quebra da tranca de uma porta ou quebra de uma janela o alarme é disparado imediatamente na cabine do zelador/porteiro.


Os alarmes passaram a ser utilizados também em edifícios, fazendo com que aumentasse a segurança.


Geralmente, quando um alarme é acionado a pessoa tende a assustar e se afastar do local sem levar nenhum item.

5. Tome cuidado ao receber encomendas

A última dica é implementar o sistema de que o próprio morador vá receber a encomenda na portaria, evitando que receba diretamente no apartamento.


Se o morador não estiver presente no momento, o próprio porteiro recebe a encomenda, preenche um relatório e só entrega para o morador quando ele estiver presente e assinar o recebimento.


É uma outra excelente maneira de prevenir a ação de criminosos.

Esperamos que com esse artigo síndicos consigam ter maior eficácia no combate a criminalidade, aumentando a segurança do edifício e a tranquilidade dos moradores.


Gostou do artigo? Comente abaixo o que achou e se tem alguma informação a mais para agregar!

26 visualizações
  • Instagram da AZELAR
  • Facebook da AZELAR

Rua Coronel Serafim Agapito, S/N Qd. 11 Lt. 04 Vila Maria José - Goiânia - Goiás

CEP: 74815-470 │ E-mail.: azelar@hotmail.com │Telefone.:  62 3241 8685