Buscar
  • AZELAR

Como fazer um bom gerenciamento de obras

Atualizado: Jul 5

Neste artigo vamos ensinar passo a passo de como fazer um bom gerenciamento de obras e evitar dores de cabeça, como por exemplo, ultrapassar excessivamente o orçamento da obra.


Gerenciar uma obra quer dizer administrar os gastos, liderar uma equipe de profissionais e entregar a obra com qualidade e dentro do tempo pré-estabelecido.


Esses itens são considerados básicos e essenciais para qualquer tipo de obra, caso não sejam cumpridos, podem causar perdas significativas.


Mas, fique tranquilo! Depois de mais de 1.000 obras realizadas, a Azelar sabe como deve ser feito um bom gerenciamento de obras em Goiânia e estamos aqui para dividirmos o nosso conhecimento.


O artigo terá três tópicos contando o que você precisa saber para fazer uma boa gestão.


Neste artigo você vai descobrir:

· Como fazer um planejamento (parte mais importante);

· Como lidar com os desafios da gestão;

· 3 passos para ter sucesso em sua obra;


Como fazer um planejamento?

Um bom gerenciamento de uma obra pode ser resumido em uma palavra: planejamento.


Antes de dar início em uma obra, deve ser feito um planejamento por completo. No planejamento, deve conter todas informações possíveis sobre como será feita a obra. Fazendo isso, imprevistos podem ser evitados antecipadamente.


Ele nunca deverá ser feito olhando por um lado “otimista”, pensando que tudo estará dentro dos conformes sem nenhum tipo de imprevisto. Avalie os possíveis cenários, independente, de serem bons ou ruins.


Etapas do planejamento:


1. Viabilidade da obra

Antes de começar a obra, é preciso viabilizar. É necessário saber se o caixa será suficiente para bancar os custos operacionais. Vale lembrar que é necessária uma margem extra de segurança para custos adicionais.


Busque sempre pela qualidade de uma obra, muitas vezes, comprar materiais ruins por conta do preço, acabando saindo mais caro por conta de futuros reparos.


Para a viabilização do projeto, há algumas informações para serem estudadas:

· Retorno sobre Investimento (ROI);

· Custo para equipamentos e ferramentas;

· Custos de mão-de-obra;

· Regularização da obra;

· Custo de materiais;

· Prazo para entrega.

2. Orçamento da obra

Depois de identificar se é viável e tomar a decisão do início da obra, é hora de detalhar o orçamento.


Em primeiro lugar, defina com o seu arquiteto ou engenheiro os materiais que serão utilizados em cada etapa. Em seguida, faça uma pesquisa dos preços dos materiais. Lembrando, nem sempre buscar materiais baratos de 2° qualidade é a melhor opção.


O último passo é calcular o seu Retorno sobre Investimento (ROI), caso seu objetivo é vender o imóvel.


Fórmula ROI dada pela Enderavor:

Suponha que o seu investimento tenha sido 100 mil reais, e o ganho final foi de 500 mil reais, teremos:

ROI= (GANHO OBTIDO – INVESTIMENTO INICIAL) / INVESTIMENTO INICIAL

ROI= (500.000 – 100.000) / 100.000

ROI FINAL= 4


Esse resultado quer dizer que você teve um retorno de quatro vezes o investimento inicial. Em porcentagem, multiplique 4 por 100 (400%).


3.Cronograma Financeiro

O objetivo desse cronograma é distribuir o custo do orçamento da obra nas etapas e calcular qual o tempo de cada etapa.


Esse cronograma irá te proporcionar:

1.Mapear custos e atividades;

2.Identificar custos acumulados;

3.Ter um planejamento realista;

4.Melhorar o controle de fluxo de caixa

5.Previsibilidade da obra


Com o planejamento definido, é o momento de colocar em prática. Já na prática, o gestor enfrenta grandes desafios, e vamos mostrar como lidar com esses desafios abaixo.



Como lidar com os desafios da gestão

Uma máxima conhecida no mercado de construção civil, é de que gerenciar uma obra é pura “dor de cabeça”. Definitivamente será se você não souber enfrentar todos os desafios que aparecem.


Ser um grande gestor de obras é motivar pessoas a buscarem um objetivo (a excelência) e ter no final um projeto concluído que traga orgulho. Uma gestão não é nada fácil, pois necessita de muito esforço, firmeza nas decisões e constância para atingir o lucro.


No final, o gestor será cobrado pela qualidade e o tempo de entrega da obra.

O primeiro passo a se fazer para enfrentar os desafios em relação ao gerenciamento da obra é se organizar e observar o que pode ser feito ou aprimorado.


Existem diversos programas que auxiliam o gestor, mas deve ser feito um destaque em especial para uma planilha no Excel. É muito importante ter uma planilha que calcule todos os gastos de maneira automática.


Além disso, você deve ser transparente e estabelecer uma confiança mútua com a sua equipe, motivando-os a buscarem grandes resultados.


O último ponto é você ter conhecimento de administração de recursos e da parte técnica contida em uma obra. É difícil que você consiga gerir sem nenhum tipo de conhecimento específico.



3 passos para ter sucesso ter sucesso em sua obra


1.Reduza custos

São uma série de itens que faz com que a construção ou reforma fique mais cara. Por isso se faz necessário gerenciar a obra em Goiânia de maneira correta. Entre os itens que podem encarecer estão os atrasos, bitributação, contratação de profissionais não qualificados e a perca excessiva de ferramentas (muito comum).


O gestor deve possuir o controle total do estoque de materiais, e sempre observando se o material usado está sendo maior do que necessário.

Muitos pensam que uma obra que possui um volume financeiro grande, não é necessário se atentar a este detalhe. Porém, o gasto excessivo pode causar uma diminuição considerável no lucro, algo que ninguém deseja.


2.Estratégia produtiva

O gestor deve seguir à risca o planejamento do tempo de entrega. Quando observar problemas na obra, deve resolvê-los rapidamente para que não ocorra o atraso


A Azelar em suas construções e reformas prediais, possui uma estratégia produtiva definida de acordo com as necessidades da obra, fazendo-se com que cumpra sempre com seus acordos.


3. Antecipar problemas

Outro fator importante é antecipar futuros problemas, e definir como serão resolvidos. Os principais problemas são:

Dimensionamento incorreto da equipe;

Regulamentação dos trabalhadores;

Ultrapassar o orçamento;

Chuvas.


Alinhando esses itens acima e planejando como resolvê-los, as chances do sucesso da obra aumentam.



Conclusão

Gerenciar uma obra não é uma das tarefas mais fáceis, mas temos como o objetivo passar um pouco do nosso conhecimento de mais três décadas para ajudar um gestor.


Seguindo todos os passos acima com empenho e dedicação, a chance de ter grandes resultados são maiores.


Gostou do artigo ou possui alguma informação a mais para agregar? Comente abaixo! Seu feedback é importante para sempre trazermos o melhor conteúdo.


Você que quer realizar uma obra, seja uma construção de casa ou reforma predial, conte com a Azelar. Entre em contato conosco para mais informações!

31 visualizações
  • Instagram da AZELAR
  • Facebook da AZELAR

Rua Coronel Serafim Agapito, S/N Qd. 11 Lt. 04 Vila Maria José - Goiânia - Goiás

CEP: 74815-470 │ E-mail.: azelar@hotmail.com │Telefone.:  62 3241 8685